Macacos, bichas e um zoológico de hipocrisia

No jogo de ontem entre Corinthians e Danubio (URU), válido pela 4ª rodada da fase de grupos de competição, mais um fato lamentável envolvendo discriminação racial ocorreu em gramados brasileiros. Elias, do Corinthians, foi chamado de “macaco” pelo jogador González da equipe adversária.

Esta não é uma exclusividade do Brasil ou da América Latina. Muito pelo contrário. Na Europa, a situação está no mesmo nível ou pior. Isso porque acompanhamos os campeonatos europeus. Não se sabe o que mais pode acontecer no “mundo árabe”, nos torneios ascendestes de China e Índia ou mesmo no Japão. E, infelizmente, este caso não será o último a ocorrer e, provavelmente, estamos longe de um fim.

Continue reading “Macacos, bichas e um zoológico de hipocrisia”