Eu, como crente da teoria dos memes, acredito que não somos formados por ideias próprias, mas de remendos de ideias dos outros. É difícil perceber isso quando somos nós que pegamos concepções dos outros. No entanto, quando influenciamos os outros, sacamos o quanto esta teoria é forte.

Era lá para o meio do ano passado quando eu e o Bruno estávamos no busão da faculdade conversando sobre o Nerdcast e sobre os vídeos da NerdTour. Um papo nerd comum. Aí entrou na conversa uma garota que só sabia defender Deus, a virgindade até o casamento entre outras dessas babaquices que fazemos quando somos jovens. Era a Mariane. Ela, por algum motivo qualquer, se interessou pelo nosso papo.


Imaginei: “Ela vai ser daquelas que vai pegar só um ou dois episódios. Para ouvir podcast é preciso paciência”. Mas estava errado. Logo ela começou a baixar alguns Nerdcasts antigos de temas indicados por mim. Eram justamente aqueles episódios mais chegados para os não-nerds, como o de Carnaval, o de Cruzadas, entre outros. Em pouco tempo ela já ria dos trocadilhos de Eduardo Spohr, do estilo de Sr. K e das tiradas do Azaghâl. Era o nascimento de um monstro. Tal qual Renê Simões ao falar sobre Neymar, passei a me preocupar com o futuro da garota (mentira!), agora uma pupila.

Aliada com sua conta de Twitter, ela passou a seguir todos os caras mais fodões da internet. Conheceu outros podcasts e passou, de uma forma que não sei como (perdi o bonde), passou a curtir filmes de super-heróis e, vejam só, o entretenimento mais nerd que existe: quadrinhos (coisa que nem eu me interesso).

Fico pensando em como modifiquei a vida de uma pessoa mostrando todo um novo universo. Se não fosse eu, ela nunca teria conhecido e ficado amigo de pessoas como @TheRealGiovana e @vivacqua . Se me sinto mal por ter feito isso? De jeito maneira! Saca só a evolução da garota e curta as legendas engraçaralhas:



“Billie Jean is not my lover, she’s just a girl” OPA, MÚSICA
ERRADA! “Segura nas mãos de Deus…” OPA, IGREJA ERRADA!



Pregando a palavra, mas, QUE FOGO É ESSE?



De camisetinha e ajudando crianças carentes… ok, sem piadas nessa



Mari e alguns torcedores do Internacional de Porto Alegre



Cara de séria, roupa cigana e pronta pra matar no encontro cristão



Mari ainda na sua época de santa
(ESSA LEGENDA FOI DO BRUNO, HEIN)


E agora vem a parte badass motherfucker:


Fotinha de celular no espelho, camiseta “Acre, você acredita?”,
cabelos soltos… sei



Se as irmãs vissem isso aposto que iriam reprovar



Pose de piriguete. Sim ou claro?



Tatuagens? Isso porque a foto com o cofrinho
de fora acabou sumindo do FB. Mas acho que
algum nerd pervertido deve ter salvo



Na Campus Party e no NerdOffice


E pensar que hoje ela é queridinha nos comentários do MRG, do MdM e, OMFG, ela foi até na Campus Party para conhecer esse povo internético todo.

Fui procurar uns tweets antigos pra colocar aqui, mas o Wayback Machine estava trollando URLs do Twitter. Mas saca só o tipo de tweet atualmente.



QISSS!!!


Pra você ter uma ideia de como ela mudou, alguns podem chamá-la de desbocada, piriguete e qualquer outro xingamento envolvendo sexualidade exacerbada (mas ela é minha amiga!). O fato é que Mari Gaspareto tornou-se um fenômeno nas interwebs, com direito à várias curtidas em qualquer porra postada no Facebook, vários replies, vários em qualquer droga que ela jogue na rede. Ela até já ganhou um desenho feito por um fã (!).


Qualquer fotinha e vários likes são distribuídos


Eu e o Bruno já demos a ideia dela fazer um vlog. Como ultimamente ela está cada vez mais doida, dançando sem qualquer motivo em postos de gasolina de Prudente e região (?) e falando sobre qualquer assunto nerd, acho que um vlog lhe cairia bem. Seria legal uma pequena chubby (com todo o respeito… ou não) falando de quadrinhos, filmes, sexo e reclamando da vida (esse último não. Vários fazem isso).

Para finalizar este post, fica aqui duas hashtags: #MariVaiDarAPeida e #MariFazUmVlog . A primeira é referência a uma treta (acho que “treta” é um exagero) que ela teve com a Luana Piovani. A segunda, um pedido dos nerds que são amigos dela e que provavelmente lerão isso. Afinal, com certeza ela vai compartilhar este texto.


Colaboração: Bruno Rosal

19 thoughts on “Criamos um monstro: @marigaspareto

  1. Cara, realmente criamos um monstro Hahaha modificamos a vida de uma santa hahaha. Sensacional o post!!! Hahaha. Agora, depois de criado, só nos resta alimentá-lo haha Somos nozes.

  2. Pois é Mari, nem sei se me sinto mal por isso Hahaha eu e o Leandro realmente mudamos sua vida, eu não tinha reparado muito nisso ainda, pensei nisso esses dias, aí comentei com ele no bus. Mas enquanto eu fuçava suas mídias, pegando essas fotos, elas me mostravam a mudança na cara hahaha. Foi o q eu disse pro Leandro "Criamos um monstro nas Interwebs Hahaha agora, com essas ideias de vlog, etc, só estamos alimentando Hahaha!

  3. Muitooooooooooooo Bommmmmmmmmmmmmmmmmmm!! Mais eu juro que aquilo ali nao tinha nd a ver com a Torcida do Internacional! hasuashasuas..Parabens Meninos!! muito foda!

  4. MARIANE UMA LENDA VIVAAUSHEOAIUSHEOAIUSHEOIAUSHEOIUASHEOIUAHEOIAUHa gente foi pra um acampamento juntas no começo do ano mas não deu mt certoacompanhei essa mudança da vida religiosa para a mundanaUHAOISUEHOAISUHEOAIUSHEAISUHEOIASUHEOIUH

  5. hahaha verdade, vc abriu meus olhos, e eu me culpando a toa olha só haha A culpa pela mudança é SUA hahaha! Não sou culpado de nada, tava só conversando com o Leandro, e vc que se interessou pelo assuntoe foi ouvir. Culpa somente sua Mari, sou inocente nisso haha =]

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s