Já digo logo de cara que não gosto muito do Guia do Mochileiro das Galáxias. Muitos outros livros me atraem muito mais, como Admirável Mundo Novo, A Sociedade do Anel, A Caçada ao Outubro Vermelho, Deixados para Trás Vol.1 ou mesmo um dos meus preferidos: Foge, Nicky, Foge! que é muito foda. Então, eu mais entro na brincadeira do Dia da Toalha por ser um evento nerd do que por ser fã do Guia. Já que é assim, vamos falar um pouco sobre o Dia da Toalha.

Na época em que ninguém era nerd, os poucos desta casta não tinham sequer a ideia de sair com a toalha na rua ou na escola. A situação era a seguinte. Imagina um nerdão daqueles bem roots (que nunca foi o meu caso). Esse cara já jogava videogame trancado no quarto, se afastava para jogar cartas (cartas, não baralho) com outro nerd no intervalo da escola, lia quadrinhos no cantinho do sofá e se trancava no banheiro… (ok, acho que não precisa ser nerd para isso). Será que esse cara teria coragem para sair de toalha na rua? Nem fodendo.


Cabelos meio penteados meio não, camiseta de referência,
tatuagens com mais referências, óculos quadradões…



Eu também nem ligava para o Dia da Toalha até que no ano passado resolvi sair com a minha toalha e ir para faculdade pagar um pouco de vergonha, ouvindo coisas como “olha o maluco”. Dá uma olhada na foto que ilustra meu perfil. Fazer o quê, faz parte da vida de um blogueiro. Ou não.

O fato é que agora muita gente tá de olho no Dia da Toalha e nos nerds em geral. Tá na moda ser nerd. Tá na moda usar memes sem entendê-los. Tá na moda assistir The Big Bang Theory e sair dizendo “BAZINGA” por aí. Eu, por exemplo, já fui chamado de nerd bazingueiro (?) mesmo assistindo Sheldon e seus amigos somente quando a temporada acaba.



Globalização, eu te amo!



Pra falar a verdade, eu não acompanho quadrinhos, não gosto tanto assim de cinema, gosto muito de livros e minha paixão são games, mais especificamente RPGs. Eu sou tipo um nicho de mercado onde poucas coisas me atingem. Aliás, o cara que fala “sou nerd pq gosto de internet” é um bosta. Nem sendo o hacker o cara pode ser considerado nerd.

E finalizando este texto, apresento as coisas que gosto e que não entram na categoria nerdice: futebol (discuto sobre tática e tudo), todo tipo de música (apesar de gostar muito de rock dos anos 90, que é um lixo), corrida (com os pés e com automóveis), games de corrida (nenhum nerd joga) e de nada que me soe intelectual e nada prático. Tenho ódio disso por sinal. Acho que a lista ficou meio boba, mas foda-se.

One thought on “Não entre em pânico no Dia da Toalha

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s