Que Minecraft não é mais um jogo indie todos nós já sabemos. Mais de 11 milhões se cadastraram no site do jogo e 25% disso compraram a bagaça. Não vou entrar em méritos e deméritos do jogo. Ele apenas não faz meu estilo. Muito aberto e sem objetivo específico, ele não me convence. E aquele negócio de terem colocado um dragão no final para ser derrotado é pura balela para atraírem novos jogadores. Não há história ali, só um objetivo aleatório.


Isto é realidade aumentada… ou diminuída…



Bom, whatever. O fato é que os caras que fazem vídeos de gameplay no Youtube adotaram o jogo como o principal carro-chefe. E isso já faz muito tempo. Lembro que acompanhava os Diários de Minecraft Z do Leon e a jornada para derrotar o dragão que o Monark desenvolveu. Eu achava legal. Mas, com o tempo, o ânimo foi embora.

Isso aconteceu porque, para fazer algo realmente legal em Minecraft, é preciso criatividade e inteligência. No entanto, todas as coisas reais, irreais, imagináveis e inimagináveis já foram feitas com aqueles cubos. Hyrule e até mesmo a Terra Média já foram reproduzidas lá. Vários tipos de construção, projetos arquitetônicos e qualquer outro tipo de loucura já foram feitas. A pessoa tem que ser muito criativa e inteligente para elaborar algo novo.



Nem mods malucos, como esse do 3 Days me atraem mais



Ao menos no Brasil, o jogo já foi muito explorado pelos canais do Feromonas, do VenomExtreme, do Leon e do Monark. Esse foram os primeiros a bombar com o jogo no Brasil e atraíram muitos fãs. O que acontecia quando eles deixavam de postar Minecraft e colocavam outra coisa no lugar? Os comentários com mais “joinhas” eram aqueles do tipo “JOGA MINECRAFT POR FAVOR”.

Na esteira do sucesso dos vídeos de Minecraft, outros canais começaram a fazer a mesma coisa para atrair o público. Não importa se eles gostam do jogo ou não. O que interessa é que havia apenas desejos (qual seria a palavra correta?) “comerciais” para esses caras passarem a postar Minecraft. Nada contra a monetização e profissionalização dos vídeos, que sou muito a favor aliás, mas contra o “se vender ao público”. É o caso do MxDeegan e do RafahelBF.

As piadinhas a respeito de blocos, mundo quadrado e creepers também já foram esgotadas. Não tem como trazer algo novo sem que ele seja, por vontade própria ou não, kibado de outro canal.



Mais meu estilo



Meu desinteresse também vem do fato de outros bons jogos (que rendem bons vídeos) terem surgido. Não gosto muito de Call of Duty, mas é inegável que os vídeos do jogo são bons. Acontece a mesma coisa com Battlefield e com alguns outros FPSs/jogos de ação. Aposto que vídeos de Max Payne 3 (se a Rockstar permitir) e Hitman: Absolution também vão me atrair. E, bom, enquanto não posso jogar Diablo III (como disse no post de ontem), vou ter que me contentar com a enxurrada de vídeos desse jogo.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s