Em jornalismo aprendemos a não fazer nariz-de-cera, que é aquela volta para chegarmos na informação principal da notícia. Não sei porque estou falando isso, mas é aqui no blog que eu posso dar uma volta absurda para alcançar o objetivo que quero. Para isso utilizo introduções enormes para assuntos que poderiam ser resolvidos em poucas linhas.

Então vamos a mais uma introdução em espiral. É assim que vou chamar a partir de agora.

O ser humano precisa de meios de transporte. Chegar de um lugar a outro da forma mais rápida (e, hoje em dia, confortável) possível sempre e será uma necessidade. Mas, no videogame, alguns meios de transporte também se destacaram. The Great Fox na série Star Fox, Loftwing e Epona em Zelda, a nave espacial de Samus ou até mesmo o Robot Buddy de Magaman. Não sei se já disse que detesto Megaman, mas só o TV Tropes salva.


Epona > Loftwing #FATO



Mas, concentrando-se nos RPGs e fugindo desses meios de transporte um tanto quanto diferentes, temos, na minha modesta, porém absoluta opinião, os melhores meios em Chrono Trigger. Lembro-me de quando cheguei no futuro do jogo pela primeira vez e encontrei uma corrida de motos gigantes no meio de um RPG. Minha cabeça explodiu. E ainda dava pra dar boost no final da corrida para ganhar. Putz, isso foi muito foda. No jogo temos ainda o navio com combustível infinito (Final Fantasy V tinha um barco parecido) e, claro, os portais de espaço/tempo. Escrevendo isso tive uma ideia de post sobre portais de espaço/tempo. Vou anotar aqui.

Falando em Final Fantasy, esta foi a série com os veículos mais fodas. Não me lembro em qual versão (ou foi no III ou no VI) em que um dos adversários era um trem. Esse trem deve ser o mesmo que aparece em FFVII por acaso. Lembro que brochei em FFVIII quando os carros nos deixavam na mão (ou nos pés), nos obrigando a andar. Isto é Fantasy ou não é?

Obviamente que eu não poderia mencionar Final Fantasy + meio de transporte sem falar do Chocobo. Os fãs de série amam tanto esse bicho que fico em dúvida qual é mais adorado: ele ou o Moogle. Provavelmente Chocobo é muito mais icônico, pois ganhou três jogos próprios: dois para PS1 e outro para Wii.



Quase um Skarmory



O trem é um transporte muito usado. Até porque ele se encaixa em vários mundos de fantasia, uma vez que é movido à carvão ou madeira e é muito antigo. Paper Mario me conquistou de vez quando o trem que sai da vila da principal jogou fumaça em formato de estrela.

Lembrei de Pokémon também. Para os novatos, usar Surf pela primeira vez deve ser sensacional. Dive e Waterfall então… Claro que Pokémon também tem as bicicletas, mas pelo menos eu não consigo utilizá-las muito bem. Acho a velocidade que elas alcançam é muito alta. Prefiro apertar B e usar os sapatos rápidos, esses sim uma grande invenção.



“Gente, Daniel Paladino na minha frente em Litteroot Town!
Ele tá usando SAPATOS RÁPIDOS! Tá me atacando gente!”



Uma coisa que me deixava chateado é quando o jogo não possuía transporte. Andar é legal, mas é mais legal em dungeons e tals. Ter que andar durante horas para chegar em um objetivo é muito chato. Essa é uma das características dos MMORPGs que mais me irrita e me faz afastar destes títulos. Afinal, qual a graça de andar pra caraiba sendo que você pode chegar rápido? Viva os meios de transporte!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s